Você está aqui: HomeExames & ProcedimentosGroup1ColoproctologiaRetossigmoidoscopia Flexível

Retossigmoidoscopia Flexível Featured

Published in Coloproctologia
Rate this item
(0 votes)

O exame de retossigmoidoscopia é utilizado para o diagnóstico das doenças que acometem a porção final do intestino grosso. Com a retossigmoidoscopia é possível diagnosticar doenças que acometem os 30 cm finais do tubo digestivo, avaliar a mucosa do reto e sigmoide, verificar a presença de câncer retal, pólipos intestinais, divertículos em sigmoide, colites, diagnosticar amebíase através de biópsia de reto. 

Como é feito o exame de retossigmoidoscopia?

O exame consiste na introdução pelo ânus de um aparelho que permite a visualização dos segmentos intestinais, reto e colón sigmóide.

O médico realiza um toque retal, com dedo lubrificado por xilocaína gel, que é um anestésico local. O intuito do toque retal é avaliar a elasticidade do ânus, identificar massas palpáveis, realizar o relaxamento dos esfíncteres anais para que o exame seja o menos desconfortável possível.

Após o toque retal é introduzido o retossigmoidoscópio flexível que tem o diâmetro de um dedo, aproximadamente.

Após a introdução do retossigmoidoscópio o médico vai progredindo o aparelho que está acoplado a um sistema de câmera que permite a visualização dos segmentos intestinais, até 30 cm da borda anal

Retossigmoidoscopia

Durante este trajeto são realizadas fotos dos segmentos principais e de lesões quando estiverem presentes, o médico pode realizar biópsias de  tecidos que julgar necessário. 

As biópsias são indolores e o paciente pode apresentar um discreto sangramento vermelho-vivo às evacuações logo após o exame.

O exame é extremamente rápido, e o desconforto é mínimo, com sensação de cólica de gases por alguns segundos. 

Não é necessário jejum para a realização do procedimento, porém o reto deve estar limpo para que a visualização não fique prejudicada.

Quais complicações podem ocorrer após a retossigmoidoscopia?

As complicações são extremamente raras, quando o exame é realizado por equipe treinada e médico experiente.

Pode ocorrer sangramento de pequeno volume, hemorragias são raras e estão associadas à remoção de pólipos volumosos.

Infecções também são extremamente raras, pois o aparelho de retossigmoidoscopia passa por processo criterioso de desinfecção.

Perfurações intestinais também são raras.

Schwartz & Paiva

Venenatis vitae, justo. Nullam dictum felis eu pede mollis pretium. Integer tincidunt. Cras dapibus. Vivamus elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula

Website: www.joomshaper.com
sound by Jbgmusic

Missão

  • Oferecer excelência e humanismo na qualidade das soluções em saúde, que se propõe a prestar, aos clientes que procurarem esta instituição

Visão

  • Ser reconhecida como liderança, ocupando a vanguarda na Assistência Médica.

Valores

  • Ética
  • Humanismo
  • Excelência
  • Qualidade
  • Pioneirismo